I Seminário de Mulheres Militares do Pará vai destacar o protagonismo feminino nas corporações – Agência Pará de Notícias

HomeNotíciaMundo

I Seminário de Mulheres Militares do Pará vai destacar o protagonismo feminino nas corporações – Agência Pará de Notícias

Iniciativa inédita em 40 anos, as diversas corporações da segurança pública no estado vão realizar o I Seminário de Mulher Militares do Pará. O evento

Encontrado lança mísseis e cadáver numa casa em Saragoça
Assassino em série suspeito de matar sem-abrigo em Miami “Detido”
EUA anunciam novas sanções à Rússia dirigidas a canais e petróleo russos

Iniciativa inédita em 40 anos, as diversas corporações da segurança pública no estado vão realizar o I Seminário de Mulher Militares do Pará. O evento está marcado para 8 de março, o Dia Internacional da Mulher, a partir das 8h, na Fundação Cultural do Pará (Centur).
Com o tema “Desafios na Carreira e Atuação da Mulher Militar nas Instituições Públicas”, a agenda é uma promoção do Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA) e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, junto a Procuradoria Especial da Mulher da Alepa (Promulher/Alepa).
Adriana Nacif, coronel da Polícia Militar, subcomandante do Gabinete Militar da Assembleia Legislativa do Pará, está na coordenação do evento. “É um momento histórico, um divisor de águas, pois há cerca 40 anos houve o ingresso da primeira turma de mulheres militares na segurança pública. Esse momento nos possibilita perceber que nós mulheres militares estamos inseridas na política de valorização do governo do Estado, e ao final do evento iremos sugerir a elaboração de políticas específicas à valorização e proteção das Mulheres Militares”, destaca a coronel.
Além do chefe do poder Executivo estadual, a ministra do Superior Tribunal Militar (STM), Maria Elizabeth Teixeira Rocha, também participará como palestrante e abordará o tema “Assédio Sexual e Moral nas Forças Armadas”, é outro momento aguardado. A ministra é a primeira mulher a ocupar uma cadeira no tribunal e a única a assumir a presidência do órgão em 2014, acumulando marcos de destaque em sua caminhada profissional.
Durante o Seminário, também ocorrerá uma mesa redonda mediada pela Diretora, apresentadora da TV Cultura do Pará e Policial Militar da Reserva Remunerada, Vanessa Vasconcelos.
Protagonismo
Uma das primeiras mulheres a entrar no CBMPA, a tenente coronel Samara Carvalho, lembra que o quadro inicial de preenchimento foi para a área de Enfermagem, seguido pela turma de oficiais combatentes. “Eu entendo que é de fundamental importância a presença da mulher, porque o nosso ingresso veio marcar uma história, quebrar paradigmas. Desde o início até hoje, temos histórias e trabalhos importantes em prol do crescimento e desenvolvimento da corporação. Hoje, nós ocupamos função de gestão. Eu estou caminhando para ser coronel. Ao chegar a esse posto, podemos tomar decisões relevantes, no aspecto de políticas públicas para mulheres e isso reflete junto à sociedade”, comenta a tenente coronel Samara.
Para Iara Santos, 2° tenente da corporação fala do exercício da função no dia a dia. “Como bombeiro militar e mulher, é muito importante que estejamos presentes nas guarnições de serviço, porque, em algumas situações, a pessoa que está precisando de auxílio se sente mais à vontade com uma mulher. Então, no atendimento a ocorrências, é importante que tenha uma pessoa que vá trabalhar essa empatia do lado feminino para atendimento de ocorrências”, acredita a oficial.
Iara também destaca o valor das primeiras mulheres do ponto de vista institucional. “Quando eu entrei na corporação, já tinham pioneiras, já tinham as que haviam trilhado os caminhos pra que aquilo se tornasse mais fácil. Foram pessoas que chegaram primeiro e acenderam a lanterna nas costas e falaram ‘Pode vir que o caminho está livre’. Então acho muito importante que tenhamos mulheres na corporação para que as próximas que venham possam trilhar os mesmos caminhos e melhorar para as próximas que virão”, enfatiza a 2º tenente.
Soldado da Polícia Militar, Amanda Batista, compartilha como a atuação feminina na carreira militar faz a diferença no cotidiano da sociedade, frente a questões sociais importantes. “Sempre que atendo ocorrência de violência doméstica, me coloco no lugar das mulheres, é uma empatia por ser mulher. Como policial militar feminina, são as ocorrências mais marcantes para mim. Nós mulheres militares conseguimos fazer o que os homens fazem. Essa é a principal marca da policial militar feminina. Nós conseguimos utilizar nossa função como empoderamento feminino. Isso faz com que outras mulheres olhem pra nós e também se empoderem”, pontua a soldado Amanda.
Serviço:
I Seminário de Mulheres Militares do Pará
Data: 08 de março de 2022
Horário: 8h
Local: Fundação Cultural do Pará – Centur, Av. Gentil Bitencourt, 650 – Nazaré, Belém.
Informações: seminariomulheresmilitarespa@gmail.com
WhatsApp: (91) 98899-6479 (atendimento de 9h às 16h).
Bairro da Cabanagem, em Belém, recebe Amazônia Jazz Band na Usina da Paz
UsiPaz Cabanagem celebra Dia do Bibliotecário com leitura e criatividade
Moradoras do Guamá recebem a ação ‘Mulher Cidadã’ do TerPaz
Moradoras do Icuí-Guajará recebem serviços em homenagem pelo mês da mulher
Novo código para ligações de telemarketing começa a valer nesta quinta-feira (10)
Procons do Pará e de São Paulo discutem transferências de sistema para atendimento ao público
Governo promove ação de cidadania para trabalhadoras e frequentadoras do Ver-o-Peso
Polícia Civil participa de ação alusiva ao Dia Internacional da Mulher na Usipaz da Cabanagem

source

Leave your vote

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS:

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

%d bloggers like this: